quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A BONECA DE CINGAPURA!

Olá amantes do terror, como vocês estão?

Espero que estejam “horrorosamente” ótimos!!

Bonecas e bonecos são sempre assustadores! Nós instintivamente os determinamos inertes, MAS NÃO SÃO...NÃO TODOS.. O mais difícil de determinar sua ações é que estão na condição de agirem nas sombras nos passos de seus "Donos", eles camuflam o mundo com sua inexistência, contudo torturam seus "Eventuais Donos" com a sua macabra presença.

Acredite você jamais irá querer se dono ou dona de algo assim.

Entretanto na Cingapura alguém teve que viver esta situação, e acreditem não foi nada agradável.

Conheçam agora : 

A MISTERIOSA BONECA DE CINGAPURA!




Era uma manhã quente desse belo país quando um cansado taxista estacionou perto a uma robusta árvore. Era algo estranho... Havia algo estranho ali. Muito diferente... Algo parecido com que sua avó contava. Algo preso... perdido.

Rente ao tronco jazia uma boneca, não uma boneca comum... Algo que ele desconhecia, mas já ouvira falar. ELE NÃO PAROU A TOA. Não mesmo...

Aos poucos diversas pessoas ajuntaram-se. Havia algo errado... E sim ela atraia a todos com seus gritos mudos.

Parecia antiga e seus olhos estavam vendados, com inscritos estranhos na venda. Não havia ninguém por perto para reclamar a boneca.

A MAIORIA DOS ABANDONOS SÃO NEGLIGÊNCIA, CONTUDO ALGUNS SÃO NECESSIDADES,

Seus olhos estavam tampados; escurecidos por uma venda com escritos pouco decifráveis.

Escritos que traduzidos diziam, ou dizem:

'Bismillah'. (Especulam que seja uma armadilha, um relicário, para manter o Jinn (Jinn=gênio) ou uma maldição dentro do objeto, impedindo de sair ou de seguir o amo de volta para casa.

Só ao lado de uma árvore. Gritando palavras surdas a todos que ali estavam. Ela queria um novo "amo"... Sem dúvida!!

Ela tinha os olhos vendados.

O aspecto da boneca é assustador...

Muitas Histórias surgiram no Twitter revelando que a boneca estaria possuída e se deslocava por sua própria vontade. Virava o rosto frequentemente. Sem qualquer contato.

Desse modo ela teria sido obrigada a ter os olhos vendados e deixada longe de casa para que não o seguisse seu "amo" momentâneo de volta.

Alguns dizem que a boneca poderia ser ouvida falando. Pessoas a teriam ouvido falar no idioma malaio e sua voz teria soado como a de uma mulher adulta.


Sendo esse o único modo de se livrar da boneca o então atual dono cobriu seus olhos com palavras de um mantra malásio e abandonou seu algoz onde já sabemos.

O que mais me tortura é pensar como ele fez isso, deve ter sido; muito, mas muito mesmo assustador!!

Há rumores de que a maldição passou para a outra pessoa que a encontrou e desamarrou o pano sem saber, mas são rumores... Somente rumores..

A boneca está desaparecida desde que foi descoberta.

Uma dica: Ame seus bonecos; MAS nunca deixe de guardá-los muito bem durante a noite.


Abraços a todo e voltem sempre, pois a Ordem do Mistério voltou.